26/03/2024 às 15h16min - Atualizada em 26/03/2024 às 15h16min

Vídeo mostra momento em que caminhão tomba em cima de carro de aplicativo e mata três pessoas na BR-277, em Guarapuava

Carro ficou completamente destruído. Duas pessoas ficaram gravemente feridas. Caminhoneiro está sendo investigado por homicídio culposo e lesão corporal culposa - ou seja, sem intenção de matar. g1 tenta identificar defesa dele.



 

Um novo vídeo obtido pela RPC mostra o momento em que um caminhão tomba em cima de um carro na BR-277, em Guarapuava, região central do Paraná.

Três pessoas morreram e outras duas ficaram gravemente feridas, incluindo o caminhoneiro.

As imagens foram gravadas por uma câmera de segurança e anexadas ao inquérito policial sobre o acidente, que aconteceu no dia 10 de marçoVeja vídeo acima.

A zeladora Maria Vanderléia Prazeres da Silva Rosa, de 34 anos, estava com os filhos em uma corrida de aplicativo indo para um almoço de família. Ela, Gustavo Henrique da Silva Rosa, de 15 anos, e a condutora do veículo, Karine Prestes, de 34 anos, morreram na hora.

O outro filho adolescente da zeladora que estava no veículo ficou gravemente ferido e foi levado ao hospital. O menino de 16 anos passou por uma cirurgia na perna e atualmente está se recuperando em casa.

O caminhoneiro, Ricardo Neves, de 36 anos, também ficou gravemente ferido, foi levado ao hospital e atualmente está recuperado, segundo o delegado Julio Cesar Melo Kruger.

O homem está sendo investigado, inicialmente, por homicídio culposo e lesão corporal culposa - ou seja, sem intenção de matar.

Investigação

 

O delegado afirma que no dia do acidente não foi possível fazer o teste de bafômetro no caminhoneiro devido aos ferimentos do homem.

"Porém, não havia sinais de embriaguez. No hospital, foi realizada a coleta do material sanguíneo para a realização de exame toxicológico. Após deixar o hospital, o motorista foi ouvido na Delegacia de Polícia e foi liberado", explica Kruger.

O delegado também conta que, no depoimento, o caminhoneiro disse que não estava em alta velocidade e não lembra de outros detalhes devido ao trauma.

 

"A investigação ainda está em andamento, aguardando-se, agora, a conclusão dos exames periciais", finaliza o policial.

 

 

Caminhão tombou em cima do carro

 

Na época do acidente, a Polícia Militar (PM) explicou que a colisão aconteceu quando o caminhão estava saindo de uma rotatória e acessando a Rua Jorge Alves Ribeiro.

Ele invadiu a pista contrária e bateu de frente com o carro.

O caminhão bitrem estava carregado com cerca de 45 toneladas de cevada e tombou em cima do automóvel, que ficou completamente destruído.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://wechannel.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp