22/12/2023 às 14h43min - Atualizada em 22/12/2023 às 14h43min

vítima do 'golpe do Tinder' sendo rendida por 5 criminosos e resgatada de cativeiro em SP

Segundo a polícia, homem marcou encontro com uma mulher, mas foi rendido por criminosos e levado para cativeiro no Parque Taipas; duas pessoas foram presas.


A Polícia Civil resgatou um homem que foi vítima do 'golpe do Tinder', na madrugada de quinta-feira (21), em São Paulo. Segundo a polícia, ele foi encontrado em um cativeiro no Parque Taipas, Zona Norte da capital. Dois homens foram presos em flagrante.

Uma câmera de segurança registrou o momento em que o homem chegou ao local do encontro que havia sido marcado com uma mulher pelo Tinder, aplicativo de relacionamento.

 

Nas imagens, é possível ver que a vítima desce do veículo e fica na calçada à espera da suposta acompanhante, quando um homem chega por trás, o rende e aponta uma arma na sua cabeça (veja acima). Em seguida, outros quatro homens se aproximam e todos entram no veículo.

 

Conforme o boletim de ocorrência, investigadores do 72º Distrito Policial foram informados de que havia um possível sequestro em andamento e que o GPS do celular do homem rendido registrou o último sinal na rua Alto da Prata.

Os policiais foram até o local indicado e constataram que era o endereço de uma lanchonete, mas que estava fechada.

Em seguida, os investigadores conseguiram ter acesso a uma câmera de monitoramento de uma das casas vizinhas, a qual registrou o momento em que um grupo chegou com o carro da vítima, desceu e foi até um bar.

Ainda de acordo com o boletim, a equipe, então, foi até o bar e notou que havia um portão que dava acesso a um terreno com várias casas. Os policiais fizeram buscas nos imóveis e em um deles encontraram a vítima rendida com dois homens.

Imagens enviadas à TV Globo e g1 mostram o momento do resgate (assista acima). Na delegacia, a vítima informou que enquanto estava rendida teve o celular roubado e foi obrigada a fornecer senhas dos aplicativos e cartões para que os criminosos pudessem fazer transações bancárias.

Jhonatam Serafim da Silva e Fabrício Ferreira Medeiros foram presos em flagrante por roubo e extorsão e tiveram a prisão preventiva pedida à Justiça. Os três comparsas envolvidos no crime foram identificados. Até a manhã desta sexta-feira (22) eles continuavam sendo procurados pela polícia.

Ainda segundo o registro policial, o carro da vítima foi encontrado por uma equipe da Polícia Militar momentos antes do resgate na rua Albacora, Brasilândia.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://wechannel.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp