26/10/2023 às 19h46min - Atualizada em 26/10/2023 às 19h46min

Furacão Otis deixa 27 mortos e quatro desaparecidos no México

Ventos atingiram velocidade de 270 km/h na quarta-feira (25), deixando a cidade de Acapulco sem comunicação.



A passagem do furacão Otis pela costa oeste do México deixou 27 mortos e 4 desaparecidos, informou Rosa Icela Rodriguez, secretária de Segurança do México, nesta quinta-feira (26) .

Acapulco tem quase 1 milhão de habitantes ainda sofreu com saques e residentes sem eletricidade e serviços de comunicação.

Na quarta-feira, cerca de 10 mil militares foram destacados para ajudar na limpeza da área. As aulas nas escolas continuam suspensas.

A governadora do estado, Evelyn Salgado, informou via rede social que as autoridades estão trabalhando para reestabelecer a energia e reativar as bombas de área potável na cidade. Cerca de 300 mil pessoas continuam sem eletricidade.

Segundo o governo do estado de Guerrero, 80% dos hotéis de Acapulco foram afetados pelo furacão e foram colocados veículos para ajudar retirar os turistas da cidade.

 

Furacão de categoria 5

 

Os ventos se fortaleceram rapidamente, passando de uma tempestade tropical a um furacão de categoria 5 em 12 horas. Depois de tocar o solo, o furacão regrediu até a categoria 1 deixando regiões sem energia, sem comunicação, com árvores derrubadas, inundações e deslizamentos de terra."Estamos em alerta máximo", disse a prefeita de Acapulco, Abelina López, na noite de terça, enquanto pedia aos moradores para se protegerem em suas casas ou se mudassem para os abrigos espalhados pela cidade.

A agência nacional de águas do México, CONAGUA, alertou sobre ondas de seis a oito metros no estado de Guerrero, onde fica Acapulco, e também em partes do estado de Oaxaca.

Segundo o presidente do país, Andrés Manuel López Obrador, o Otis pode ser mais devastador do que o furacão Pauline que atingiu Acapulco em 1997, destruindo áreas da cidade e matando mais de 200 pessoas.

Acapulco é uma cidade com mais de 1 milhão de habitantes na parte baixa de montanhas íngremes. Casas luxuosas e algumas favelas também cobrem as encostas da cidade.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://wechannel.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp