25/10/2023 às 14h15min - Atualizada em 25/10/2023 às 14h15min

Filme premiado, “Bacurau” será exibido nesta quarta

Na próxima quarta-feira, dia 25, a população de Rio das Ostras terá a oportunidade de assistir ao premiado filme “Bacurau”, por conta da parceria entre a Universidade Federal Fluminense


Na próxima quarta-feira, dia 25, a população de Rio das Ostras terá a oportunidade de assistir ao premiado filme “Bacurau”, por conta da parceria entre a Universidade Federal Fluminense, que conta com o Projeto de Extensão da UFF Cineclube Cinema Brasileiro de Gênero, e a Fundação Rio das Ostras de Cultura. A exibição ocorre a partir das 18h, na Sala de Cinema da Sede administrativa, localizada na Avenida Cristóvão Barcellos, 109, no Centro. No final da sessão será promovida uma roda de debates entre os participantes.

O projeto do Cineclube Cinema Brasileiro de Gênero tem por objetivo a divulgação da produção audiovisual brasileira, principalmente de filmes pertencentes a gêneros pouco apreciados pela crítica, como horror, comédia e policial.

“Bacurau” é um filme franco-brasileiro de 2019, escrito e dirigido por Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles. Foi produzido por Emilie Lesclaux, Saïd Ben Saïd e Michel Merkt e estrelado por Sônia Braga, Udo Kier, Silvero Pereira e Bárbara Colen.

A produção conquistou o Prêmio do Júri no Festival de Cannes de 2019, tornando-se o segundo filme brasileiro da história a ser laureado no certame geral, após “O Pagador de Promessas” (1962), de Anselmo Duarte. O filme também foi selecionado para mostras principais de festivais prestigiados mundialmente, como o Festival de Nova York, Festival de Havana, Festival du Nouveau Cinéma de Montreal, Festival de Cinema de Munique, Festival de Cinema de Sitges e outros. Além disso, o filme foi indicado a diversas categorias do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro e do Prêmio Guarani de Cinema Brasileiro.

SINOPSE – Num futuro próximo, Bacurau, uma pequena cidade brasileira no oeste de Pernambuco, lamenta a perda de sua matriarca, Carmelita, que viveu até os 94 anos. Dias depois, os moradores descobrem que a comunidade não consta mais em qualquer mapa. Aos poucos, seus habitantes percebem algo estranho acontecer na região: enquanto drones passeiam pelos céus, estrangeiros chegam pela primeira vez na cidade com planos de exterminar toda a população ali residente, carros são atingidos por tiros e cadáveres começam a aparecer. Os habitantes chegam à conclusão de que estão sendo atacados. Resta identificar o inimigo e criar coletivamente um meio de defesa.

 

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://wechannel.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp