18/10/2023 às 20h38min - Atualizada em 18/10/2023 às 20h38min

Com enfrentamento à violência contra a mulher, Patrulha Maria da Penha celebra quatro anos em Quissamã

A Patrulha Maria da Penha (PMP) celebrou seu quarto aniversário em Quissamã, nesta terça-feira (17)



 

A Patrulha Maria da Penha (PMP) celebrou seu quarto aniversário em Quissamã, nesta terça-feira (17), com uma programação especial no auditório do Instituto Federal Fluminense-IFF.

O evento contou com a presença da prefeita Fátima Pacheco, do vice Marcelo Batista, além de representantes das forças de segurança de outros municípios como Caparabus, Casimiro de Abreu, Macaé, Campos dos Goytacazes e Duque de Caxias.

Na ocasião, Fátima Pacheco destacou a relevância dos serviços prestados pela PMP em conjunto com a rede de proteção e combate à violência contra a mulher atuante no município.

“Além da conscientização é fundamental a aplicação de políticas públicas que fortaleçam o combate a violência contra à mulher, com o suporte necessário para que estas pessoas possam reestruturar suas vidas com dignidade e segurança”, enfatizou a prefeita.

Para a supervisora da Patrulha Maria da Penha, Neide Cruz, o quarto aniversário reafirma a importância da população denunciar e confiar na estrutura montada para atender às denúncias e ocorrências.

“Quissamã apresenta integração entre a Guarda Municipal, Polícias Militar e Civil, Centro Especializado de Atendimento à Mulher (Ceam), e Núcleo de Atendimento ao Homem (Neah), com toda organização necessária para oferecer atendimento à população. Denúncias podem ser feitas pelo telefone 153”, destacou a supervisora.

Quissamã apresenta integração entre a Guarda Municipal, Polícias Militar e Civil, Centro Especializado de Atendimento à Mulher (Ceam) e Núcleo de Atendimento ao Homem (Neah), com toda organização necessária para oferecer atendimento à população.

Desde o início de suas atividades, em 2020 os agentes da PMP atenderam 683 chamados, sendo 150 em 2023, e atualmente 54 mulheres estão sob Medida Protetiva.

O Centro Especializado de Atendimento à Mulher (Ceam), de janeiro a setembro de 2023 realizou 807 atendimentos individuais pela equipe técnica, com orientações diversas dentro do contexto da violência doméstica e encaminhamentos jurídicos, sociais e psicológicos.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://wechannel.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp