10/10/2023 às 13h56min - Atualizada em 10/10/2023 às 13h56min

Polícia Civil faz operação na Cracolândia, no Centro de SP

Agentes abordam usuários no chamado "fluxo", local onde ocorre a venda e o consumo da droga. 30 pessoas foram detidas e levadas para o 3° Distrito Policial.


A Polícia Civil realizou uma operação na Cracolândia, no Centro de São Paulo, na manhã desta terça-feira (10).

30 pessoas foram detidas e levadas para o 3° Distrito Policial. Dessas, 11 foram presas em flagrante por tráfico de drogas e outras 28 eram procurados pela Justiça ou possuíam medidas cautelares que foram descumpridas.

Segundo a Secretaria da Segurança Pública, a ação fiscalizou hotéis no centro de SP usados para esconder drogas e buscou identificar traficantes que atuam no fluxo de usuários - local onde é feita a venda e o uso.

 

Fluxo

 

Cerca de 1.200 pessoas foram flagradas todos os dias na Cracolândia durante os sete primeiros meses deste ano, segundo levantamento feito pela Prefeitura de São Paulo.

De acordo com os dados, a média diária de usuários cresceu 27,8% de janeiro a julho de 2023. A gestão municipal disse que o levantamento é feito por meio de imagens captadas por drones.

 

Violência e insegurança

 

A região reflete a espiral da violência na capital paulista. O problema se arrasta há décadas e é tratado de diferentes formas a cada nova gestão.

No mês passado, a polícia usou bombas de efeito moral e balas de borracha contra os usuários. O porteiro de um prédio na região morreu vítima de latrocínio.

Nos últimos anos, a prefeitura e o estado passaram a realizar ações policiais para dispersar usuários de drogas que ficavam concentrados em determinadas ruas.

A medida fez com que os usuários se espalhassem pela região e afetou a vida de comerciantes e moradores, que relatam o aumento da violência e insegurança.

Segundo levantamento da GloboNews com base nos dados da Secretaria da Segurança Pública, mais de 130 lojas foram roubadas ou furtadas na região desde abril.

 

Intervenção na Cracolândia

 

Em julho, a Defensoria Pública do Estado divulgou um relatório que aponta a ineficácia da estratégia de intervenção policial adotada ao longo dos últimos anos para lidar com a questão da Cracolândia.

Ainda segundo o relatório, 90% das prisões em massa realizadas na região durante a 6ª fase da Operação Caronte — apelidada por um dos detidos de "Operação Cachimbo" —, foram consideradas ilegais pela Justiça e arquivadas.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://wechannel.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp