09/10/2023 às 15h05min - Atualizada em 09/10/2023 às 15h05min

Em preparação para invasão de Gaza, Israel convoca 300 mil reservistas e orienta palestinos a saírem de casa

O país está em guerra com o Hamas, um grupo extremista islâmico armado. Os israelenses devem invadir a Faixa de Gaza, uma região controlada pelo Hamas.


Israel anunciou nesta segunda-feira (9) que nas últimas 48 horas convocou 300 mil reservistas, um número sem precedentes na história do país.

No sábado (7), o Hamas, um grupo islâmico extremista armado, fez um ataque-surpresa contra Israel. A partir da Faixa de Gaza, combatentes do grupo invadiram o território israelense, mataram centenas de pessoas e levaram mais de 100 pessoas como reféns. Israel declarou guerra ao Hamas e, inicialmente, atacou o território palestino com mísseis (veja mais abaixo).

O porta-voz militar Daniel Hagari afirmou que o país está se preparando para uma ofensiva. "Nós nunca convocamos tantos reservistas, em uma escala como essa", disse ele.

 

O governo israelense também afirmou que pediu para moradores de algumas regiões no norte e leste da Faixa de Gaza deixarem suas casas. Alguns palestinos afirmaram que receberam telefonemas e mensagens de oficiais de segurança de Israel dizendo para eles deixarem a área pois o exército deverá atuar lá.

Os dois anúncios sinalizam que uma invasão do território palestino deve ocorrer no futuro próximo.

 

Moradores de Gaza não têm abrigo antiaéreo oficial

 

Depois que o exército de Israel enviou mensagens de texto pedindo aos palestinos que deixassem algumas áreas de Gaza, alguns moradores ficaram preocupados porque não têm um local seguro para aguardar os ataques.

Segundo a agência de notícias Reuters, na Faixa de Gaza não há abrigos antiaéreos oficiais para momentos de guerra.

Em muitas partes do território não há mais serviços de telefonia nem de internet, porque a companhia de telecomunicações palestina foi atingida por um ataque israelense.

Mohammad Brais, um morador de Gaza de 55 anos, afirmou à agência Reuters que não sabia para onde ir em busca de segurança do ataque que os moradores aguardam. Ele fugiu de sua casa, próxima a uma possível linha de frente, para se abrigar em sua loja, mas o local foi atingido em um ataque aéreo.


 Como começou o conflito entre o Hamas e Israel? A mais recente disputa na região começou em 7 de outubro, quando o Hamas realizou um ataque-surpresa contra Israel. Essa foi a mais violenta ação contra o território israelense dos últimos 50 anos. Os serviços de inteligência do país não conseguiram antecipar que uma ofensiva dessa magnitude estava sendo preparada.
O que é o Hamas? O grupo extremista armado é uma das maiores organizações islâmicas dos territórios palestinos e, desde 2007, controla a Faixa de Gaza. O Hamas é considerado um grupo terrorista por países como os Estados Unidos e o Reino Unido. 

Como foi o ataque? As ações se concentraram perto da fronteira da Faixa Gaza, de onde Hamas lançou lançados 5 mil foguetes. Por terra, ar e mar, com motos e parapentes, homens armados invadiram o território israelense pelo sul do país. Houve relatos de que os invasores atiraram em pessoas que estavam nas ruas e sequestraram dezenas de israelenses (incluindo mulheres e crianças), levados como reféns para Gaza.

Como foi a resposta de Israel? Diante da ofensiva do Hamas, o governo israelense iniciou uma retaliação. "Estamos em guerra e vamos ganhar", disse o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, logo após o ataque. "O nosso inimigo pagará um preço que nunca conheceu." Ainda em 7 de outubro, Israel lançou bombas em direção à Faixa de Gaza.

Quantas pessoas morreram? O balanço mais recente das autoridades locais indica que ao menos 1.400 pessoas morreram, sendo 900 em Israel, 493 na Faixa de Gaza e sete na Cisjordânia. Milhares de pessoas ficaram feridas.
O que é e onde fica Faixa de Gaza? É território palestino localizado em um estreito pedaço de terra na costa oeste de Israel, na fronteira com o Egito. Marcado por pobreza e superpopulação, tem 2 milhões de habitantes morando em um território de 360 km² -- um pouco menor que Santa Catarina. Tomada por Israel na Guerra dos Seis Dias, em 1967, e entregue aos palestinos em 2005, Gaza vive um bloqueio de bens e serviços imposto por seus vizinhos de fronteira.

 Qual é o histórico do conflito na região? A disputa entre Israel e Palestina se estende há décadas e já resultou em inúmeros enfrentamentos armados e mortes. Em sua forma moderna, remonta a 1947, quando a Organização das Nações Unidas (ONU) propôs a criação de dois Estados, um judeu e um árabe, na Palestina, sob mandato britânico.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://wechannel.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp