15/08/2023 às 20h04min - Atualizada em 16/08/2023 às 00h01min

Brasileiros disputam Mundial de halterofilismo mirando vagas em Paris

A campeã paralímpica Mariana D’Andrea (foto) é um dos destaques da delegação que representará o Brasil na competição que será disputada em Dubai (Emirados Árabes).

 


Buscando somar pontos para o ranking de classificação para os Jogos Olímpicos de 2024, que serão disputados em Paris (França), a seleção brasileira disputa o Mundial de halterofilismo paralímpico, entre os dias 22 e 30 de agosto em Dubai (Emirados Árabes). Na competição, que contará com a participação de 495 atletas de 78 países, o Brasil será representado por 23 atletas.

 

 

O ranking de classificação para os Jogos de Paris, que considera uma série de campeonatos internacionais disputados entre março de 2022 e junho de 2024, oferecerá oito vagas por categoria para a disputa do megaevento paralímpico do ano que vem.

 

 

Notícias relacionadas:

A atleta brasileira com a melhor colocação no ranking mundial é Mariana D’Andrea, que conquistou o título paralímpico dos Jogos de Tóquio 2020 e que aparece na segunda posição do ranking da categoria até 73 quilos, pela qual competiu até o final de 2022 e foi vice-campeã mundial em 2021, em Tbilisi (Geórgia).

 

 

 

Mariana ainda não possui marca internacional em sua nova categoria, até 79 quilos, pela qual disputará o Mundial. Mas suas marcas recentes em disputas nacionais, que não deram posição no ranking, por não contarem com arbitragem internacional, a colocariam na primeira colocação caso fossem realizadas em disputas válidas internacionalmente. Mariana levantou 150 quilos na Segunda Fase Nacional do Circuito de halterofilismo, no Centro de Treinamento Paralímpico. O ranking de Paris é liderado pela nigeriana Bose Homolayo (com a marca de 145 quilos alcançada em outubro de 2022).

 

“Minha meta é ficar entre as três do mundo nessa categoria até 79 quilos. Assim fico com vaga garantida para os Jogos Paralímpicos de Paris nas duas categorias [até 73 quilos e até 79 quilos], podendo escolher em qual teria mais chance de brigar pelo ouro no ano que vem. Eu me sinto muito preparada para essa competição, fisicamente e mentalmente”, declarou a atleta à Confederação Paralímpica Brasileira (CPB).

 

Os atletas que representarão o Brasil no Mundial de halterofilismo paralímpico se reunirão na próxima quinta-feira (17) no CT Paralímpico, em São Paulo. A delegação embarca para Dubai na madrugada de sexta-feira (18).




 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://wechannel.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp