27/10/2022 às 07h15min - Atualizada em 27/10/2022 às 07h15min

PTB e Patriota anunciam fusão partidária “Mais Brasil”

Novo partido terá número 25 nas urnas; Roberto Jefferson, ex-presidente do PTB, deve ficar fora da sigla


O PTB (Partido Trabalhista Brasileiro) e o Patriota aprovaram nesta 4ª feira (26.out.2022) a fusão das duas siglas. Com a decisão, será criado o “Mais Brasil”, que terá o número 25 nas urnas. A oficialização, no entanto, ainda depende de análise do TSE (Tribunal Superior Eleitoral). “Comunicamos que nesta data, cumprindo todas as formalidades legais, através de convenção partidária, foi aprovado por unanimidade dos seus membros, a fusão dos partidos PTB 14 e Patriota 51”, diz a publicação do PTB no Twitter do PTB.

A fusão partidária vem depois de ambas as siglas não terem conseguido atingir a cláusula de desempenho nas eleições de 2022, que garante acesso ao Fundo Partidário, tempo de TV e estrutura de liderança na Câmara. Pela regra, os partidos devem eleger ao menos 11 deputados federais em 9 Estados ou ter, no mínimo, 2% dos votos válidos para a Câmara.

Nas eleições gerais em 2 de outubro, somente 13 partidos cumpriram a cláusula. Enquanto o Patriota elegeu 4 deputados, o PTB conquistou só uma cadeira na Câmara.


O ex-deputado e ex-presidente do PTB, Roberto Jefferson, deve ficar de fora da nova legenda, pois “abriu mão de fazer parte da Executiva e de qualquer diretório” do Mais Brasil. Não ficou claro, porém, se o político poderá se filiar à sigla no futuro. 
Alguns integrantes do PTB não queriam assinar a fusão e que o partido está “rachado”. Além disso, a nova direção não quer a presença do ex-candidato Padre Kelmon na sigla.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://wechannel.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp