27/06/2023 às 12h54min - Atualizada em 29/06/2023 às 00h00min

Atvos reduz dívida em R$ 6,4 bi e equaliza sua saúde financeira com nova estrutura acionária

Perfil de endividamento ficará adequado ao balanço operacional da companhia, que almeja superar a moagem de 30 milhões de toneladas de cana nas próximas safras; Companhia prevê investir R$ 1,6 bi na indústria e no campo na safra 2023/24 e tem a expectativa de encerrar o processo de recuperação judicial nos próximos meses.

SALA DA NOTÍCIA Gabriela Conde
Divulgação - Atvos
São Paulo, 27 de junho de 2023 – A Atvos anuncia uma mudança em sua estrutura de capital com a transferência de R 6,4 bilhões de títulos de dívida para a Soneva Energias Renováveis S.A, um veículo financeiro do FIP Agroenergia, atual controlador. Com isso, Soneva passa a deter 90% do controle acionário da companhia, que é atualmente uma das maiores produtoras de biocombustíveis do Brasil.
 
A partir dessa medida, a dívida bruta da empresa foi reduzida em 50%, e terá alongamento do prazo de vencimento das obrigações vigentes até 2043, com taxa de juros reduzida e possibilidade de início dos primeiros pagamentos em três anos.
 
Além disso, a Atvos dá mais um passo importante em direção à chegada da Mubadala Capital, uma empresa global de gestão de ativos, que já havia anunciado a intenção de realizar investimentos de R 500 milhões na companhia. A partir da reestruturação da dívida e aliado a esse aporte inicial, a Atvos prevê investir R 1,6 bilhão nas áreas agrícola e industrial ainda nessa safra. Esse movimento está em linha com o planejamento de longo prazo do novo acionista, que visa expandir a capacidade de produção da companhia para alcançar a moagem de 30 milhões de toneladas de cana-de-açúcar nas próximas safras. 
 
“Alcançamos um perfil de dívida adequado à realidade atual de nossas operações, proporcionando a solidez necessária para que possamos realizar aportes em nossas unidades agroindustriais, novos negócios, inovação, no desenvolvimento de nossas pessoas, comunidades e de toda a cadeia produtiva”, afirma Bruno Serapião, que desde maio de 2023 ocupa a posição de CEO da Atvos. “É um movimento fundamental para que possamos encerrar em breve o processo de recuperação judicial de forma fortalecida e com uma saúde financeira robusta para seguimos firmes em nosso propósito”, finaliza.
 
Na última safra, a Atvos processou 22,4 milhões de toneladas de cana, o que permitiu a produção de 1,6 bilhão de litros de etanol, 382 mil toneladas de açúcar VHP e a cogeração de 2,132 mil GWh de energia elétrica a partir da biomassa, além da emissão de 2,2 milhões de Créditos de Descarbonização (CBIOs). A empresa possui operações em quatro estados (Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e São Paulo) e conta com mais de 9 mil integrantes distribuídos em nove unidades agroindustriais e dois escritórios corporativos.
 
Recentemente, a companhia renovou o seu propósito de negócio: “Produzimos energia limpa que move o mundo e transforma vidas”, pautado em novas crenças fundamentadas em Cuidado, Integração e Transformação, que inspiram as atitudes no modo de atuar com toda a sua cadeia produtiva.
 
Sobre a Atvos
A Atvos é uma empresa de bioenergia, sendo uma das maiores produtoras de etanol do país. A partir da cana-de-açúcar, a companhia tem capacidade para produzir cerca de 2,9 bilhões de litros de etanol, que podem movimentar 58 milhões de carros compactos; 650 mil toneladas de açúcar VHP, capaz de adoçar mais de 18 milhões de festas de aniversário; além de cogerar aproximadamente 3,9 mil GWh de energia elétrica a partir de biomassa, suficiente para abastecer uma população de mais de 18 milhões de pessoas. Possui mais de 9 mil integrantes nos estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e São Paulo, onde estão localizadas suas nove unidades agroindustriais.
 
Como um player relevante na geração de energia limpa e renovável, a empresa é uma das principais emissoras nacionais de créditos de descarbonização (CBIOs), tendo renovado a certificação do RenovaBio de todas as suas unidades agroindustriais até 2025. Ainda pela frente socioambiental, conta com o Energia Social, que apoia projetos voltados para temas como educação, cultura, saúde, segurança, meio ambiente e atividades produtivas. A iniciativa tem como objetivo fomentar o desenvolvimento socioeconômico e promover melhoria na qualidade de vida das comunidades onde a companhia atua. Mais informações clique aqui.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://wechannel.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp