26/06/2023 às 18h59min - Atualizada em 27/06/2023 às 00h00min

AeC assina o Pacto de Inclusão Socioeconômica e bate recorde com 163 contratados do CadÚnico

Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, Governo da Paraíba e AeC fecham parceria para combate a desigualdades socioeconômicas

SALA DA NOTÍCIA LGA Comunicação
Divulgação AeC

A AeC, maior empresa brasileira de contact center, assinou hoje, dia 26 junho, o Pacto de Inclusão Socioeconômica, um acordo de cooperação com o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social (MDS) e o Governo do Estado da Paraíba para oferecer oportunidades de emprego a beneficiários de programas sociais do Governo Federal, como o Bolsa Família, e inscritos no Cadastro Único (CadÚnico). O acordo tem como objetivo retirar pessoas da situação de vulnerabilidade social. Durante a vigência do contrato, pelo menos 10% das vagas abertas da AeC na Paraíba serão destinadas a esse público.
 

Com um quadro de mais de 45 mil colaboradores em todo o Brasil, a companhia segue com planos de expansão na Paraíba, que hoje conta com mais de 13 mil profissionais. A assinatura do acordo envolveu também outras empresas do estado que vão aderir ao projeto. A AeC, que também foi escolhida como instituição “parceira do povo”, recebeu a visita do ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, Wellington Dias, na tarde desta segunda-feira. 

 

Além de conhecer as primeiras 163 pessoas que já foram contratadas pela AeC  por meio do projeto, em visita às dependências da empresa em João Pessoa, o ministro participou de  um ato solene, quando recebeu de volta o cartão Bolsa Família de um ex-beneficiário, enquanto entregava a carteira de trabalho assinada para o agora novo colaborador da empresa. Durante a vigência do acordo, haverá um acompanhamento técnico, com avaliação dos resultados das ações desenvolvidas pelos parceiros, bem como a criação de novas oportunidades de acesso à renda para os inscritos no programa.

 

“A AeC vem se destacado não apenas por sua excelência em serviços, mas também por um compromisso com a responsabilidade social. Somos certificados como uma das melhores empresas para trabalhar pelo instituto Great Place to Work. Logo, a parceria entre a empresa e o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social (MDS) reflete o compromisso mútuo com a promoção da igualdade de oportunidades e o desenvolvimento sustentável, combinando tecnologia e calor humano para construir um futuro mais inclusivo para todos”, explica Flávia Neves Tomagnini, Diretora Jurídica e de Compliance da AeC.
 

Considerando o contexto desafiador vivido durante a pandemia de Covid-19, o Auxílio Emergencial desempenhou um papel fundamental na transferência de renda para minimizar os impactos da crise. Estudos do Ipea demonstraram que os efeitos da pandemia foram mais acentuados entre as famílias de menor renda, e grupos vulneráveis, como mulheres, negros, jovens e pessoas com menor nível de escolaridade. 

 

Com um grande aumento da demanda por novos profissionais nos últimos anos, a AeC expandiu e está agora em 17 unidades, sendo: sete estados e 11 cidades, entre elas, São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Juazeiro do Norte (CE), Mossoró (RN), João Pessoa (PB), e Campina Grande(PB). Para que se tenha uma ideia do tamanho de suas operações, em Campina Grande, cerca de um terço dos jovens contratados na cidade são colaboradores da empresa, enquanto em Juazeiro do Norte e Arapiraca (AL), a proporção é de um em cada dez trabalhadores CLT das respectivas cidades. Já em Mossoró, a AeC emprega 20% dos jovens contratados na região. 

 

“A AeC prioriza a contratação daqueles que têm mais dificuldade de acesso ao mercado de trabalho. Com isso, aproximadamente 50% são jovens de 18 a 24 anos e em torno de 40% estão no primeiro emprego. A liderança jovem, principalmente no nível gerencial, já é composta por mulheres em 50%. Aliás, as mulheres são mais de 60% do quadro de colaboradores gerais. Com essa colaboração estratégica, nós ampliaremos a nossa oportunidade de acessar talentos muitas vezes invisíveis devido à sua situação de exclusão social”, finaliza Alexandre Faria, Diretor de Pessoas da AeC.


Sobre a AeC 

A AeC é apontada consistentemente como a líder brasileira na entrega de soluções de experiência do cliente e gestão de processos terceirizados. Servindo as principais marcas do mercado nacional, conquistou nos dois últimos anos a posição de Empresa do Ano de BPO pela conceituada Frostand Sullivan. Líder também nas práticas de ESG, recebe há sete anos consecutivos o título de Melhor Empresa de Serviços pelo Prêmio Época Negócios 360°. Com um olhar inovador, o seu diferencial está no modo como integra o cuidado com as pessoas e aplica tecnologia de ponta em seus processos, como inteligência artificial, roboticprocessautomation, serviços em nuvem e ferramentas de analytics e segurança. Atualmente, a AeC conta com mais de 45 mil colaboradores em 17 unidades distribuídas por sete estados do país. É certificada pelo instituto Great Place to Work como uma das melhores empresas para trabalhar e, somente em 2022, promoveu mais de 5,8 mil colaboradores internos. Com uma combinação única de Tecnologia e Calor Humano, completa 31 anos de história conquistando, apenas no último ano, 27 importantes prêmios e reconhecimentos do mercado.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://wechannel.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp