20/06/2023 às 09h12min - Atualizada em 21/06/2023 às 00h10min

Polícia resgata mulher que seria morta por traficantes em comunidade de Maricá, segundo denúncia

Caso aconteceu na tarde de segunda-feira (19) na localidade conhecida como Risca Faca. Denúncia anônima possibilitou ação dos policiais.

G1 - REGIÃO DOS LAGOS
https://g1.globo.com/rj/regiao-dos-lagos/noticia/2023/06/20/policia-resgata-mulher-que-seria-morta-por-traficantes-em-comunidade-de-marica-segundo-denuncia.ghtml

Caso aconteceu na tarde de segunda-feira (19) na localidade conhecida como Risca Faca. Denúncia anônima possibilitou ação dos policiais. Policiais resgataram mulher que, segundo denúncia, seria executada por traficantes em Maricá
Polícia Civil
Uma ação da Polícia Civil, com o apoio da Polícia Militar, resgatou, na tarde desta segunda-feira (19), uma mulher que passaria, segundo os agentes, pelo "julgamento do tráfico de drogas" na comunidade do Risca Faca, em Maricá, na Região Metropolitana do Rio.
A ação teve início após a delegacia receber uma denúncia anônima informando que uma jovem, usuária de drogas, seria julgada e morta por traficantes por estar praticando furtos no local. Na denúncia foi informado o local onde a mulher seria executada.
Polícia resgatou mulher, que, segundo denúncia, seria executada por traficantes em Maricá
Polícia Civil
"O denunciante informou que a vítima era usuária de crack e foi acusada de furto por narcotraficantes que a sentenciaram a morte; que, segundo informação, os traficantes costumam cumprir tais sentenças próximo a uma vala negra conhecida como bananal", disse a polícia no Registro de Ocorrência.
O delegado Rafael Barcia e os agentes do Grupo de Investigação Complementar da 82ª DP, montaram a operação e com apoio de uma equipe da PM entraram na comunidade. Assim que se aproximaram do local informad, houve troca de tiros e os criminosos fugiram do local.
Buscas foram realizadas em um terreno baldio e, próximo a um valão, os policiais conseguiram localizar a vítima caída no chão. De acordo com a polícia, a mulher, acreditando que os criminosos tivessem voltado, se fingiu de morta, mas quando percebeu que se tratava de policiais, levantou a cabeça e começou a chorar.
Ela foi retirada do local e encaminhada ao hospital por apresentar ferimentos pelo corpo. Aos policiais a mulher informou que estava sendo acusada de furtos que não cometeu e que foi agredida por pauladas enquanto os criminosos aguardavam autorização para matá-la.
Ainda de acordo com a polícia, o local seria usado para prática de execuções de pessoas julgadas pelo tráfico de drogas. Em uma das paredes está escrito "Cantinho do sem amor, cada fofoca 10 paulada".
No local os policiais encontraram dois rádios transmissores em que puderam ouvir os traficantes se comunicando e informando que estavam sendo monitorados pelos policiais.
O caso foi registrado na delegacia de Maricá e a polícia tenta identificar os criminosos envolvidos na ação.

Fonte: https://g1.globo.com/rj/regiao-dos-lagos/noticia/2023/06/20/policia-resgata-mulher-que-seria-morta-por-traficantes-em-comunidade-de-marica-segundo-denuncia.ghtml

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://wechannel.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp