15/03/2023 às 09h38min - Atualizada em 20/03/2023 às 00h00min

Preço e praticidade são os principais motivos pelo crescimento do varejo online

Especialista comenta os principais motivos do crescimento do varejo online e as estratégias para enriquecer a jornada do consumidor

SALA DA NOTÍCIA Evelyn Spada
Divulgação

A primeira edição do E-commerce Trends 2023, realizado pela Octadesk em parceria com a Opinion Box, ouviu mais de dois mil consumidores online sobre as experiências de compras no ambiente digital. Mais do que nunca, os consumidores demandam comodidade, e os comerciantes correm para aprimorar o atendimento e oferecer uma maior variedade de produtos.

Segundo Rodrigo Ricco, CEO da Octadesk, mesmo diante de um cenário positivo, é preciso estar atento às novidades, especialmente para quem quer se aventurar no comércio digital. Para mapear as tendências que afetarão diretamente os negócios neste ano e entender as transformações do consumidor, Ricco separou cinco tendências do estudo para quem trabalha com e-commerce e experiência do usuário:

O e-commerce tá ON 
A pandemia decretada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) em março de 2020 fez com que mais pessoas experimentassem a prática da compra virtual. Segundo o E-commerce Trends 2023, 61% respondentes afirmaram realizar mais compras online ao invés de se dirigirem às lojas físicas. Ou seja, em média, a cada cinco pessoas, três adquirem algo pelo e-commerce. 

Preço, praticidade e promoções
O preço continua sendo um principal fator que impulsiona o varejo online. 73% dos entrevistados afirmaram que escolhem realizar compras em lojas online porque assim é possível encontrar preços mais baixos do que nas lojas físicas. Já 72% contaram ao E-commerce Trends 2023 que o motivo crucial da escolha é por conta da praticidade de comprar sem sair de casa. Além disso, promoções que só se encontram na internet (69%), facilidade para comparar preços (63%) e maior variedade de produtos (55%) também foram listados. 

Experiência na palma da mão
Além das questões financeiras, é fundamental garantir uma experiência positiva em toda jornada virtual. O processo de compra precisa ser fácil e prazeroso, buscando oferecer uma boa prática desde a navegação na loja até na hora de ler a descrição do produto. O anuário aponta que 73% das pessoas preferem utilizar o smartphone para fazer as compras, enquanto apenas 27% escolhem computador ou notebook para esta atividade. Por isso, as empresas precisam estar atentas para acompanhar essa tendência e agradar a maioria dos usuários que carregam as compras na palma da mão.

Tem WhatsApp?
O E-commerce Trends 2023 também mostra que os canais de atendimento influenciam o consumo do público. Isso acontece porque a qualquer momento o cliente pode precisar entrar em contato com a empresa, seja para tirar uma dúvida, fazer uma reclamação ou oferecer sugestões. Neste cenário, o chat online foi o favorito com 39%, em seguida apareceu o WhatsApp com 28% e em terceiro, as redes sociais 12%. 

Roupas e eletrônicos lideram a lista de compras
Se antes, acreditava-se que algum produto não teria uma boa performance no online por conta de limitações, hoje, o estudo destaca que o e-commerce evoluiu a ponto de minimizar os principais atritos. Com ajuda de tecnologia de Realidade Virtual e Realidade Aumentada ou até mesmo com a logística reversa, os segmentos que apresentaram melhor performance de vendas no ambiente virtual foram roupas com 60%, eletrônicos com 49% e calçados 47%. 

Para acessar o E-commerce Trends 2023 na íntegra, clique aqui.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://wechannel.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp