17/03/2023 às 00h01min - Atualizada em 19/03/2023 às 00h00min

Instituto Vladimir Herzog, Comissão Arns e Núcleo Memória realizam atos em memória dos 50 anos do assassinato de Alexandre Vannucchi Leme

Estudante tinha apenas 22 anos quando foi preso, torturado e morto por agentes do DOI-Codi em São Paulo, em 1973

SALA DA NOTÍCIA Regina Helena Lima Diniz
Alexandre Vannucchi Vive_50 Anos
São Paulo, 16 de março de 2023 - Um ato em memória de Alexandre Vannucchi Leme está marcado para sexta-feira (17), às 16h, na Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo. Organizado pelo Instituto Vladimir Herzog, Comissão Arns e Núcleo de Preservação da Memória Política, o evento “Alexandre Vive! 50 anos” marca as cinco décadas do assassinato do estudante de Geologia da USP, morto após ser preso e torturado por agentes do DOI-Codi paulista. 

Com tom político-cultural, o ato será realizado na Sala dos Estudantes da faculdade e contará com a presença do jornalista Juca Kfouri, responsável pela abertura, do ex-deputado Adriano Diogo, colega de classe de Alexandre, e de representantes da União Nacional dos Estudantes, do Centro Acadêmico XI de Agosto e do Diretório Central dos Estudantes da USP, cujo nome homenageia Vannucchi. Haverá ainda uma apresentação musical do cantor Renato Braz.

Durante o evento será lançada a exposição virtual “Alexandre Vannucchi Leme: eu só disse o meu nome”, composta por imagens, áudios e textos que narram a vida, a morte e o legado deixado pelo jovem para a luta por direitos humanos. Também terá início a pré-venda do livro “Eu só disse o meu nome”, escrito por Camilo Vannuchi, jornalista e primo de segundo grau do estudante. O lançamento da obra está previsto para o meio do ano.

Na sequência, a partir das 19h, a Catedral da Sé celebrará novamente uma missa em homenagem a Alexandre, com a presença de sua irmã Maria Cristina Vannucchi Leme. Estarão presentes o ex-ministro da Justiça e presidente da Comissão Arns, José Carlos Dias; o diretor do Núcleo de Preservação da Memória Política, Maurice Politi, e o presidente do Conselho do Instituto Vladimir Herzog, Ivo Herzog. O Coro Luther King ficará responsável pela apresentação musical. A cerimônia será ministrada por dom Pedro Luiz Stringhini, bispo de Mogi das Cruzes (SP), e dom Angélico Sândalo Bernardino, bispo emérito de Blumenau (SC) e um dos celebrantes do ato ecumênico realizado após a morte do jornalista Vladimir Herzog, em outubro de 1975.

Serviço

Ato “Alexandre Vive! 50 anos”
Data: 17/03/2023
Horário: 16h às 18h10
Local: Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo – Largo São Francisco, 95, Centro de São Paulo 

Missa em memória dos 50 anos de morte de Alexandre Vannucchi Leme
Data: 17/03/2023
Horário: 19h às 20h
Local: Catedral da Sé – Praça da Sé, centro de São Paulo

Realização:

Instituto Vladimir Herzog
Comissão Arns
Núcleo de Preservação da Memória Política

Apoio:

DCE USP 
Centro Acadêmico XI de Agosto
OAB/SP 

Assessoria:

CDI Comunicação 
Anaisa Silva – [email protected]
Regina Diniz – [email protected]

Comissão Arns/Analítica Comunicação
Julia Rezende – [email protected]  
Lucas Assumpção – [email protected]
Júlia Magalhães – [email protected]


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://wechannel.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp