08/03/2023 às 18h01min - Atualizada em 09/03/2023 às 00h00min

GRAVIDEZ ECTÓPICA: O QUE É E QUAIS OS RISCOS EXISTENTES?

GRAVIDEZ ECTÓPICA

SALA DA NOTÍCIA SAMARA MIRANDA DE PAIVA
https://altadiagnosticos.com.br/
A gravidez ectópica ocorre quando o embrião se fixa e começa a se desenvolver fora da cavidade uterina, podendo causar grandes complicações.
É uma condição pouco frequente, ocorrendo em cerca de 2% das gestações.

O QUE É GRAVIDEZ ECTÓPICA?

Uma gravidez ectópica ocorre quando o embrião, formado a partir da união de um óvulo e esperma, se liga e começa a crescer fora do útero, que é a localização pretendida.

Em uma gravidez típica, o óvulo e o espermatozoide se unem dentro da trompa de Falópio para que a fertilização ocorra e crie um embrião. Este embrião então viaja através do tubo até o útero, onde continuará a se desenvolver.

Embora rara, a gravidez ectópica pode ocorrer quando o embrião não consegue implantar no útero, mas em vez disso se fixa em outro local devido a um problema com os tubos ou o próprio embrião.

QUANTO TEMPO DURA GRAVIDEZ ECTÓPICA?

Esse tipo de gravidez não tem como chegar aos 9 meses, como uma gestação normal.

Em alguns casos, quando o embrião se aloja na cavidade abdominal ou no ovário, ele pode se desenvolver por um pouco mais tempo de gestação.

TIPOS DE GRAVIDEZ ECTÓPICA

Conheça os principais tipos de gravidez ectópica:

GRAVIDEZ TUBÁRIA 

Na gravidez tubária, o embrião é mais frequentemente encontrado (95%) para se desenvolver fora do útero na trompa de Falópio, seja em sua seção interna ou externa.
O tubo é incapaz de se expandir muito, portanto, só pode atingir um certo tamanho antes de se romper. No caso de uma ruptura, o paciente requer cuidados médicos urgentes, pois isso pode levar a sangramento abdominal.

GRAVIDEZ ECTÓPICA ABDOMINAL 

O embrião pode se desenvolver na cavidade abdominal, com ele saindo do lado externo do tubo e anexando ao peritônio, o tecido que reveste o interior do abdômen. Também pode se ligar a outros órgãos, como os intestinos e a bexiga.

GRAVIDEZ CERVICAL

Acontece a gravidez cervical quando o embrião sai da cavidade uterina e se implanta no colo do útero. 

GRAVIDEZ OVARIANA

É uma gravidez considerada rara e acontece quando o embrião se aloca no ovário. 

GRAVIDEZ HETEROTÓPICA 

Um evento raro, a gravidez heterotópica, ocorre quando uma gravidez ectópica e intrauterina ocorrem simultaneamente. Historicamente, sua incidência foi de 1:30.000; no entanto, com a introdução de tecnologias de reprodução assistida, a frequência dessa complicação aumentou.
É essencial enfatizar que as gravidezes tubárias, cervicais ou uterinas não fornecem um ambiente adequado para um feto, levando a possíveis problemas médicos para o paciente.

FATORES DE RISCO 

Os principais fatores de risco são quando a paciente: 

Apresenta ou já apresentou algum quadro de Infecção Sexualmente Transmissível (IST); 

Tem antecedentes de endometriose; 

Já teve uma gravidez ectópica anterior. 

Remedio cytotec.

SINTOMAS DE GRAVIDEZ ECTÓPICA

Sintomas semelhantes aos de uma gravidez típica, como sensibilidade mamária, náuseas, aumento da frequência urinária, podem estar presentes. O embrião se desenvolverá normalmente e o paciente pode experimentar um ciclo menstrual atrasado e resultados positivos em testes de gravidez, como Beta HCG e testes de urina. Alguns pacientes podem sentir dor localizada devido ao alongamento dos tubos ou chifres do útero.

DIAGNÓSTICO

remedio cytotec

remedio cytotec


Os ultrassons, como o transvaginal, são comumente usados para diagnosticar a gravidez ectópica. Durante o exame, pode-se observar que o feto não está localizado no útero. O médico pode então supor que é muito cedo para visualizar o bebê e solicitar outro ultra-som em 1 ou 2 semanas.

Se um ultra-som não mostrar o bebê no local esperado, o médico irá investigar mais, como o tubo, ou outras áreas. Em alguns casos, exames adicionais, como tomografia ou outros exames ginecológicos, podem ser necessários para ajudar no diagnóstico.

TRATAMENTOS

O embrião pode causar a destruição dos órgãos, então, em determinados casos, o tratamento é remover a trompa ou o ovário. jamais fazer uso de cytotec para cortar uma gravidez.
 
Quando é uma gravidez abdominal, dependendo do tempo que se descobre, há chances de o parto ser feito antecipadamente. Isso ocorre, pois, a mãe pode ter complicações graves com o bebê fora do útero. 

Nos dias atuais, quando a gravidez na trompa é pequena, é possível utilizar uma medicação chamada de metotrexato. Essa substância faz a gravidez ectópica regredir e a paciente acaba não precisando fazer a cirurgia de remoção e não perde a trompa. 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://wechannel.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp