08/03/2023 às 18h32min - Atualizada em 09/03/2023 às 00h00min

Brasil é uma das sedes do Pré-Olímpico masculino

Competição acontece no segundo semestre e classifica duas equipes para os Jogos de Paris 2024

SALA DA NOTÍCIA Juliana Sampaio
Imprensa
Wander Roberto/Inovafoto/CBV

A briga das seleções masculinas de vôlei por uma vaga nos Jogos Olímpicos de Paris 2024 vai passar pelo Brasil. A Federação Internacional de Vôlei (FIVB) anunciou nesta quarta-feira (8.3) as sedes dos Pré-Olímpicos que acontecem no segundo semestre. No Brasil, a competição será de 30 de setembro a 8 de outubro, em local a ser definido, e é uma parceria entre Volleyball World, FIVB, Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e o Grupo KLEFER. 

“O torcedor brasileiro já tem encontro marcado com suas duas seleções nacionais. Em junho, receberemos uma etapa da Liga das Nações feminina, e no segundo semestre, o Pré-olímpico masculino. Ter o torcedor ao nosso lado será fundamental nessa briga por uma vaga para os Jogos de Paris. Também teremos todos os benefícios da realização de um grande evento como este: geração de empregos, incremento ao turismo esportivo, projeção internacional e movimentação da economia da cidade sede, que anunciaremos em breve”, explica Radamés Lattari, presidente em exercício da CBV.   

Na mesma data da disputa brasileira, outros dois Pré-Olímpicos serão realizados na China e no Japão. Os dois países também recebem seletivas femininas para Paris, de 16 a 24 de setembro - a outra acontece na Polônia, no mesmo período. Os grupos de cada sede serão definidos no dia 17, em sorteio que acontece em Lausanne, na Suíça.

A briga por uma medalha nos Jogos Olímpicos de 2024 reunirá 12 equipes de cada gênero. A França tem seu lugar garantido como país sede. Nos Pré-Olímpicos, 24 equipes disputarão seis vagas – cada sede receberá oito dos times mais bem classificados do ranking da FIVB. Assim, a seletiva brasileira pode receber equipes como Itália e Polônia, finalistas do último Mundial; Estados Unidos, prata na Liga das Nações 2022, e Argentina, medalhista de bronze em Tóquio 2020. Os dois primeiros de cada Pré-Olímpico carimbam o passaporte para Paris.


 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://wechannel.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp