03/03/2023 às 15h57min - Atualizada em 04/03/2023 às 00h00min

Serviços financeiros mais justos e eficientes são a aposta da Biz

Empresa contabilizou 89,6 milhões de transações em 2022, com foco em crescimento ainda maior para 2023 e segue sustentando o mote “Be Your Bank”

SALA DA NOTÍCIA Biz

Colocar o cliente como protagonista e se posicionar bem nos bastidores é o propósito da Biz. Douglas Barrochelo, CEO da fintech, tem projeções animadoras, como a de volume de transações aprovadas pela empresa, e a expectativa é que passe de 13,5 bilhões. A Biz acredita que todo tipo de negócio pode ter o próprio ecossistema financeiro, e assim impulsionar a marca, fidelizar os clientes e aumentar os ganhos a partir de soluções feitas sob medida. A empresa investe em tecnologia e inovações embarcadas no processo, e assim simplifica e democratiza soluções de pagamento.

Focados nessa visão de negócio, a Biz, uma fintech que oferece uma plataforma completa de meios de pagamento, banking e fraud-prevention, anuncia o balanço anual de 2022 e planeja crescimentos significativos e com grandes perspectivas para 2023. Ano passado a fintech cresceu em 61% a receita bruta, além de ter aumentado em 25% as transações totais feitas por meio da empresa, ter crescido mais de 13% os cartões ativos, chegando à soma de 8,5 milhões e ter dobrado o número de clientes em comparação a 2021. Os números são comparativos a 2021.

Além dos números consideráveis, tiveram grandes projetos, planejados e realizados pelo time interno e também projetos em parceria com a bandeira VISA concluídos em 2022. Alguns deles são: Lançamento da Plataforma All in One (centralização de todos os produtos e gestão pelo cliente dentro de uma única plataforma, com visão 360º de todos os processos), Produto Benefício Flexível para empresas, Serviço de Autorização Parcial para compras (ao invés de negada, a transação será parcialmente aprovada, considerando o saldo/limite disponível no cartão), e o Visa Consumer Authentication Service (VCAS) em parceria com a bandeira Visa em que os comércios conseguirão melhorar a integração entre o processo de autenticação e a experiência de compra.
 

“Não só os projetos citados acima em detalhe, realizamos mais de 50 projetos relevantes que trouxeram evoluções consideráveis aos clientes em 2022”, relata Douglas. O executivo explica que está otimista com os dados positivos que contabilizaram em 2022, e acredita fielmente no posicionamento de mercado exercido pela companhia. “A Biz oferece soluções robustas que facilitam a vida das empresas que desejam ter seu próprio ecossistema financeiro. Temos toda tecnologia e estrutura de produtos e serviços em meios de pagamento, além de todas as licenças com os órgãos reguladores e bandeiras para as empresas não precisarem se preocupar. Nós nos colocamos numa posição de cuidadores do negócio dos nossos clientes, deixando as empresas mais competitivas e inovadoras”, ressalta.

sistema financeiro do Brasil está vivendo os seus primeiros ciclos de transformação. Uma nova lógica já começa a ser sinalizada para um futuro que não deve demorar a acontecer, e o próprio Banco Central, a nossa autoridade monetária, tem se mostrado sensível à transformação digital, promovendo ajustes na regulação do setor, um ponto importantíssimo para a atuação da Biz.

Com isso, as barreiras tecnológicas e econômicas também já deixaram de ser um problema e se transformaram em aliadas para a construção de uma outra ordem, baseada na descentralização e na democratização do acesso e intermediação de serviços financeiros. Outra questão que está sendo superada é o fator cultural. Os números do Pix mostram que os brasileiros abraçam facilmente as novidades, e a Biz está trilhando um caminho próspero dentro deste grande ecossistema.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://wechannel.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp