19/02/2023 às 19h03min - Atualizada em 20/02/2023 às 06h04min

Prefeito quer transformar Macaé em ‘Capital dos Fertilizantes’

Prefeito quer transformar Macaé em ‘Capital dos Fertilizantes’

G1 - REGIÃO DOS LAGOS
https://g1.globo.com/rj/regiao-dos-lagos/especial-publicitario/prefeitura-de-macae/capital-de-energia-e-do-orgulho-de-ser-macaense/noticia/2023/02/19/prefeito-quer-transformar-macae-em-capital-dos-fertilizantes.ghtml

A fertirrigação é uma técnica que permite usar, de forma racional, fertilizantes na agricultura irrigada
Arquivo
O prefeito de Macaé, Welberth (Cidadania), deu o pontapé inicial para transformar o município – um dos maiores produtores de gás natural do Brasil – na ‘Capital dos Fertilizantes’ no país. Isso porque, nos últimos 40 anos, sem uma política estratégica para o setor, o chefe do Executivo enxerga que a cidade pode assumir o protagonismo da produção nacional.
“A cadeia de fertilizantes no Brasil encolheu 33% nos últimos 20 anos, enquanto a demanda explodiu 400% nesse período”, justificou Welberth durante visita à Brasília na semana passada onde se reuniu com o chefe da Emprapa Solos, José Carlos Polidoro, autoridade no assunto.
Aliás, uma visita da equipe técnica do órgão ao município está agendada para o dia 9 de março para avaliar o potencial de uso do gás produzido na cidade e a atração de empresas do setor para a fabricação de fertilizantes em Macaé.
“A dependência brasileira de importações de fertilizantes pulou de 20%, há 20 anos, para os atuais mais de 80%. Para o Brasil, que depende do agro, isso é um risco muito grande, chega a ser uma questão de segurança nacional e alimentar”, disse Polidoro.
Gás natural para produção de fertilizantes
O Brasil é atualmente o quarto maior consumidor de fertilizantes do mundo (atrás apenas de China, Índia e Estados Unidos) e o maior importador mundial desses insumos comprando da Rússia 85% do que utilizamos para garantir nossa produção agrícola – que tem a soja como principal cultura consumidora de fertilizantes no país.
Somada com o milho, a cana-de-açúcar e o algodão, somente essas quatro culturas absorvem mais de 90% do fertilizante produzido ou importado pelo país. Só em 2021, foram mais de 40 milhões de toneladas do produto consumidos no Brasil.
Os fertilizantes podem ser de origem orgânica, mineral ou organomineral. Contudo, os mais utilizados são aqueles produzidos com nitrogênio (N), fósforo (F) e potássio (K), conhecidos como NPK – os três macronutrientes mais importantes para a nutrição das plantas.
De acordo com a Associação Internacional de Fertilizantes (IFA), a produção desses compostos é responsável por 94% do consumo de energia de toda produção de fertilizantes. As principais matérias primas de combustíveis utilizadas são o gás natural (73%) e o carvão mineral (27%).
A qualidade dos fertilizantes é um fator que interfere diretamente na eficiência da adubação
Arquivo

Fonte: https://g1.globo.com/rj/regiao-dos-lagos/especial-publicitario/prefeitura-de-macae/capital-de-energia-e-do-orgulho-de-ser-macaense/noticia/2023/02/19/prefeito-quer-transformar-macae-em-capital-dos-fertilizantes.ghtml
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://wechannel.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp