09/02/2023 às 10h08min - Atualizada em 10/02/2023 às 00h00min

Defesa Civil e Corpo de Bombeiros divulgam cidades do RJ com alto risco hidrológico e geológico após chuva

No Noroeste Fluminense, é alto o risco de inundações em Itaperuna, Natividade, Porciúncula e Bom Jesus do Itabapoana, segundo boletim divulgado na manhã desta quinta-feira (9).

G1 - REGIÃO DOS LAGOS
https://g1.globo.com/rj/regiao-dos-lagos/noticia/2023/02/09/defesa-civil-e-corpo-de-bombeiros-divulgam-cidades-do-rj-com-alto-risco-geologico-apos-chuva.ghtml

No Noroeste Fluminense, é alto o risco de inundações em Itaperuna, Natividade, Porciúncula e Bom Jesus do Itabapoana, segundo boletim divulgado na manhã desta quinta-feira (9). Rio Muriaé, em Itaperuna, já sofreu com as cheias no mês de janeiro
Defesa Civil de Itaperuna
A Secretaria de Estado de Defesa Civil (Sedec-RJ) e o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) divulgaram boletim na manhã desta quinta-feira (9) alertando sobre cidades que estão com alto risco hidrológico e geológico.
Devido às fortes chuvas que vem atingindo o estado do Rio de Janeiro desde terça-feira (7), são pontos de atenção para inundações as cidades de Itaperuna, Natividade, Porciúncula e Bom Jesus do Itabapoana, no Noroeste Fluminense.
Sobre o risco geológico, a atenção está voltada para a cidade de Mangaratiba, na Costa Verde, onde há alerta para deslizamentos de terra. Ainda sobre aos riscos geológicos, não constam mais no novo boletim os municípios de Saquarema, Nova Friburgo, Maricá, Cachoeiras de Macacu, Niterói, São Gonçalo, além da capital.
A Defesa Civil informou que o Centro Estadual de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (Cemaden-RJ) segue monitorando as condições meteorológicas e os níveis pluviométricos, enviando alertas para os municípios. O órgão explicou que está em contato permanente com as Prefeituras, dando suporte quando as ocorrências extrapolam a capacidade de resposta da gestão municipal.
"Os Bombeiros do Rio já atenderam cerca de 370 ocorrências relacionadas às chuvas, desde às 17h de terça-feira (07.02), em todo o território fluminense, incluindo 115 alagamentos e inundações, 85 salvamentos de pessoas presas ou ilhadas, 118 cortes de árvores e 50 desabamentos e deslizamentos", divulgou o Corpo de Bombeiros.
De acordo com o último boletim do Estado, ocorreram seis mortes relacionadas às chuvas no estado do Rio. Uma das vítimas foi Aroldo Alves Júnior, de 26 anos, que foi atingido por um raio quando trabalhava na laje de uma casa, na rua Praia de Jaconé, no bairro Vilatur, em Saquarema.
Em Niterói, uma mulher de 31 anos foi vítima de uma descarga elétrica. No Rio de Janeiro, uma criança de 2 anos de idade e um idoso de 82 anos foram vítimas de desabamentos, na Chácara do Céu e no Catete, respectivamente. Já em São Gonçalo, uma jovem de 22 anos foi vítima de um desabamento e um homem foi arrastado pela correnteza.
Previsão do tempo
A Defesa Civil informou que o panorama meteorológico desta quinta-feira é de céu parcialmente nublado a encoberto, com pancadas de chuva moderada a forte a partir da tarde. "Os ventos estarão fracos a moderados", disse o órgão.

Fonte: https://g1.globo.com/rj/regiao-dos-lagos/noticia/2023/02/09/defesa-civil-e-corpo-de-bombeiros-divulgam-cidades-do-rj-com-alto-risco-geologico-apos-chuva.ghtml
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://wechannel.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp