28/01/2023 às 13h11min - Atualizada em 29/01/2023 às 00h00min

Sindipetro-NF pede interdição da plataforma P-50, na Bacia de Campos

Petroleiros denunciam condições precárias com riscos para os trabalhadores e meio ambiente.

G1 - REGIÃO DOS LAGOS
https://g1.globo.com/rj/norte-fluminense/noticia/2023/01/28/sindpetro-nf-pede-interdicao-da-plataforma-p-50-na-bacia-de-campos.ghtml

Petroleiros denunciam condições precárias com riscos para os trabalhadores e meio ambiente. Sindipetro pede interdição na plataforma P-50, na Bacia de Campos
O Sindicato dos Petroleiros do Norte Fluminense, o Sindipetro-NF, pediu que autoridades façam a interdição administrativa da plataforma P-50, na Bacia de Campos, por condições precárias de trabalho.
O documento foi protocolado na última quarta-feira (25) junto ao Ministério Público do Trabalho, Procuradoria Regional do Trabalho da 1ª Região e Coordenadoria Regional do Trabalho Portuário e Aquaviário.
Segundo o sindicato, a situação na embarcação afeta trabalhadores e o meio ambiente, com problemas na parte interna e na área interna da plataforma.
De acordo com relatos recebidos pelos petroleiros, de cada dez banheiros, oito estão interditados. E a falta de higiene no local prejudica o ambiente.
Sindipetro-NF denuncia condições dos banheiros na plataforma P-50, na Bacia de Campos
Reprodução RJ2/Inter TV RJ
O ofício destaca ainda que o maquinário e a estrutura da plataforma estão em processo de degradação por falta de manutenção e investimentos.
O sindicato alerta também sobre os riscos causados pela precariedade dos turbos geradores, no gerador de emergência e no gerador auxiliar. Segundo ele, há "falhas no sistema de aquecimento de água, que interfere no processo de separação e enquadramento de petróleo e água descartada".
Os relatos recebidos pelo Sindipetro e encaminhados aos órgãos de fiscalização citam ainda furos na linha de descarte de água oleosa, o que poderia causar a contaminação em superfícies de contato.
Em nota, a Petrobras informou que está ciente do ofício protocolado pelo Sindipetro-NF e contesta que haja risco para continuidade operacional da plataforma P-50. Informou ainda que todas as questões estão sendo tratadas junto à nova operadora do campo de Albacora Leste, a PetroRio, após o processo de venda finalizado e aprovado pelos órgãos fiscalizadores no dia 26 de janeiro de 2023.

Fonte: https://g1.globo.com/rj/norte-fluminense/noticia/2023/01/28/sindpetro-nf-pede-interdicao-da-plataforma-p-50-na-bacia-de-campos.ghtml
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://wechannel.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp