13/01/2023 às 15h07min - Atualizada em 13/01/2023 às 18h31min

Suspeito de matar mulher que criticou bandidos em rede social é preso em Maricá, no RJ

'Vi do Caju' é apontado como um dos envolvidos na morte de Helen Alves de Oliveira, em 2018. Vítima foi torturada e esquartejada por criminosos após fazer postagem que incomodou o tráfico de drogas do Complexo do Caju, na Zona Norte do Rio.

G1 - REGIÃO DOS LAGOS
https://g1.globo.com/rj/regiao-dos-lagos/noticia/2023/01/13/suspeito-de-matar-mulher-que-criticou-bandidos-em-publicacao-nas-redes-sociais-e-preso-em-marica-no-rj.ghtml

'Vi do Caju' é apontado como um dos envolvidos na morte de Helen Alves de Oliveira, em 2018. Vítima foi torturada e esquartejada por criminosos após fazer postagem que incomodou o tráfico de drogas do Complexo do Caju, na Zona Norte do Rio. Suspeito de matar mulher que criticou bandidos em rede social é preso em Maricá, no RJ
Bianca Chaboudet/g1
Policiais civis de Maricá, na Região Metropolitana do Rio, prenderam na tarde desta quinta-feira (12), Vinicius Souza Santos, conhecido como 'Vi do Caju'. Ele é apontado pela Polícia Civil e pelo Ministério Público como um dos envolvidos no assassinato de Helen Alves de Oliveira, em março de 2018.
O setor de inteligência da delegacia localizou o homem no bairro Camburi, área central de Maricá. Ele teria ido passar as festas de fim de ano na casa da mãe, onde foi preso. Quando os policiais chegaram ao local, o suspeito chegou a tentar se esconder atrás do sofá, mas foi localizado.
A prisão foi em cumprimento a um mandado expedido pela Justiça em novembro de 2018. O homem, que já possui nove anotações por diversos crimes, é apontado como um dos executores do homicídio de Helen Alves.
Relembre o caso
Mulher é morta pelo tráfico no RJ, após fazer crítica em rede social
A vítima foi morta seis dias depois de fazer uma publicação nas redes sociais dizendo que um traficante armado em um ponto de venda de drogas assume o risco de morrer em um confronto com policiais.
A mensagem desagradou os traficantes do Complexo do Caju, na Zona Norte do Rio, onde ela vivia.
Segundo a polícia, a mulher foi torturada, espancada, esquartejada e teve o corpo queimado antes de ser enterrada pelos criminosos. O mandante do crime, de acordo com a polícia e o Ministério Público, seria Luiz Alberto Santos de Moura, conhecido como Bob do Caju, considerado o chefe do crime na área. Na época, o homem ordenou o homicídio de dentro do presídio.
Além de Vi do Caju, outras cinco pessoas são apontadas como integrantes da ação. O g1 solicitou a assessoria de imprensa da Polícia Civil informações sobre quantos envolvidos já foram presos, mas até a última atualização desta reportagem não teve retorno.

Fonte: https://g1.globo.com/rj/regiao-dos-lagos/noticia/2023/01/13/suspeito-de-matar-mulher-que-criticou-bandidos-em-publicacao-nas-redes-sociais-e-preso-em-marica-no-rj.ghtml
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://wechannel.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp