10/01/2023 às 12h04min - Atualizada em 13/01/2023 às 00h00min

Estados Unidos e a politica

SALA DA NOTÍCIA Sarah Ramires Cortez
O jornalista e apresentador George Robert’s conta como é a visão política nos Estados Unidos e como o país lida com sua política local.
Para abrir o ano de 2023, eu começo falando sobre as relações diplomáticas entre os Estados Unidos e outros países e de como cada “ato” interfere nessas alianças. Quando cheguei nos Estados Unidos há 21 anos atrás, eu não era muito ligado em assuntos políticos, para falar a verdade, eu tinha pavor do assunto “POLÍTICA”. Penso que muitos leitores também têm um certo desconforto quando se fala profundamente sobre o assunto. Ao passar dos anos, minha visão mudou, pois, a partir do momento em que comecei a estudar mais sobre as leis americanas, pude compreender que a política de “lei” de um país é o que move uma nação e comecei a me apaixonar sobre o assunto.
Mesmo atuando na área da comunicação, eu tinha receio em expor minhas opiniões em relação a determinados assuntos como: religião, política e questão de orientação sexual. Por respeitar o ponto de vista de cada “UM” eu preferia nem tocar nesses méritos. Ao passar dos anos estudando mais a fundo esses assuntos, pude compreender que cada um tem a liberdade de expressão “respeitando o espaço do outro” é claro.
Hoje nos Estados Unidos e em outros países muito se fala nas mídias sociais sobre o “respeito e paz”. Como cidadão, seja onde quer que você esteja morando, quantas vezes você enfrentou uma injustiça ao falar o que pensa? Em sua honesta opinião, a lei de democracia realmente é respeitada? Vamos analisar se os pontos de vista de cada pessoa são realmente respeitados. Aqui nos Estados Unidos, muito se fala sobre a “liberdade de expressão”, mas se paga caro quando algum assunto é abordado e muitos acabam respondendo processo por isso. Penso eu, que em outros países as coisas estão mudando também, a diferença é a forma em que a lei é estabelecida. Com o passar dos anos, eu pude entender que vale a pena “SIM” contribuir para a informação de uma sociedade de forma que as pessoas não se sintam agredidas. Vai ser sempre assim? NÃO.
Acredito que por causa do crescimento tecnológico, as pessoas dão opiniões agredindo umas às outras “levantando nomes e bandeiras”. Na verdade, a situação está tão complicada que não é somente no Brasil que encontramos a problemática social, isso sempre existiu em todos os lugares. A partir do momento que aprendemos uma nova linguagem de comunicação, a nossa visão muda e isso acontece por causa do estudo mais amplo do que cada cultura defende. Por exemplo: O que aconteceu no Brasil recentemente, o movimento agressor contra o governo (Isso acontece em muitos países). Reflete de forma negativa? SIM. De que forma uma sociedade pode reivindicar pacificamente? É necessário mais respeito ao “PATRIMÔNIO HISTÓRICO”, pois este contribui para a formação de uma sociedade. Então não é preciso destruição. Nos Estados Unidos, a lei é tão severa que não se espera 24 horas para punir um agressor “estou falando em todos os aspectos”. Vale a pena pensar nisso. Todos nós estamos carentes de mais EDUCAÇÃO e RESPEITO.
* George Robert’s convida: Conheça um pouco sobre meu trabalho onde entrevisto pessoas que são sucesso no que fazem. No canal do YouTube “George Robert’s Talks” e no Instagram @georgerobertstalksoficial. 
 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://wechannel.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp