09/01/2023 às 10h55min - Atualizada em 09/01/2023 às 10h55min

Políticos de Macaé repudiam ataques e depredações em Brasília

Os atos de vandalismo a patrimônios públicos pertencentes à presidência da República, Congresso Nacional e ao Supremo Tribunal Federal (STF) foram repudiados pelo prefeito Welberth Rezende.



Os atos de vandalismo a patrimônios públicos pertencentes à presidência da República, Congresso Nacional e ao Supremo Tribunal Federal (STF) foram repudiados pelo prefeito Welberth Rezende, o presidente da Câmara de Vereadores, Cesinha (PROS), o deputado estadual Chico Machado (SD) e demais parlamentares de Macaé.
Em mensagens publicadas nas redes sociais, os líderes políticos do município afirmaram que os ataques registrados em Brasília ferem a democracia, se distanciam dos debates políticos de posições divergentes e criam instabilidade para o país.
Em nota de repúdio, Welberth afirmou que a liberdade de expressão não pode ser confundida com atos de violência.
“Repúdio a qualquer ato de terrorismo e de desrespeito à democracia. Que todos os envolvidos sejam identificados e punidos nos rigores da lei”, disse o prefeito.
O presidente da Câmara, Cesinha, qualificou os atos como criminosos.
“Depredar patrimônio público é crime. Que todos os fatos sejam apurados”, escreveu Cesinha.
Cotado a assumir a secretaria estadual de Governo, Chico Machado seguiu a mesma linha do governador Cláudio Castro, e declarou que divergência política não pode ser caracterizada por vandalismo. 
“As cenas de vandalismo em Brasília são ilegítimos e irresponsáveis. Não podemos tolerar o vandalismo”, escreveu.
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://wechannel.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp