02/12/2022 às 23h07min - Atualizada em 03/12/2022 às 00h02min

Carapebus enfrenta uma das maiores catástrofes da história da cidade e estima 1 mil famílias desalojadas

Uma mulher, que é mãe do secretário de administração da cidade, foi encontrada morta após desaparecer na inundação. A filha dela segue sendo procurada.

G1 - REGIÃO DOS LAGOS
https://g1.globo.com/rj/norte-fluminense/noticia/2022/12/02/carapebus-enfrenta-uma-das-maiores-catastrofes-da-historia-da-cidade-e-estima-1-mil-familias-desalojadas.ghtml

Uma mulher, que é mãe do secretário de administração da cidade, foi encontrada morta após desaparecer na inundação. A filha dela segue sendo procurada. A cidade de Carapebus ficou tomada pela inundação em uma das maiores catástrofes naturais da sua história
Secretaria de Comunicação Social de Carapebus
A cidade de Carapebus, no Norte Fluminense, está enfrentando uma das maiores catástrofes naturais da história do município, que já estima ao menos 1 mil famílias desalojadas, segundo levantamento divulgado nesta sexta-feira (2) pela Prefeitura.
Moradores de Carapebus tiveram que ser resgatados pela Defesa Civil após ficarem ilhados
Facebook Prefeitura de Carapebus/Reprodução
Nilza Ana da Silva Barcelos, mãe do secretário de administração da cidade, foi encontrada morta depois de ser arrastada pela inundação. Ela estava com a filha, que segue sendo procurada. Nesta sexta, teve missa de corpo presente na Igreja Nossa Senhora da Glória e o enterro está marcado para as 10h deste sábado (3).
Nilza Ana da Silva Barcelos foi encontrada morta após ser levada pela inundação em Carapebus junto com a filha, que segue desaparecida
Reprodução redes sociais
Na quinta, um idoso de 79 anos morreu durante a tempestade atingido por um raio. Ainda na quinta, a Prefeitura de Carapebus decretou estado de calamidade pública. A Escola Municipal Luiz Carlos Fragoso foi transformada em ponto de apoio para as famílias e a Igreja Batista de Carapebus e a Igreja ADAV estão recebimento doações.
Doações que chegam para as vítimas da chuva em Carapebus
Prefeitura de Carapebus/Reprodução Facebook
A Prefeitura de Quissamã enviou mais de 500 kg de alimentos, enquanto o governo do Estado do Rio de Janeiro mandou um caminhão com 92 colchões e conjuntos de roupas de cama.
Veja também:
Em Conceição de Macabu, mulher morre soterrada e filha está em estado grave
Cratera abre na RJ-196 após chuva, mas trecho foi liberado
Em Campos, moradores ainda contam prejuízos
AJUDA: Entidades montam campanha para receber doações
O Governo do Estado está prestando apoio à cidade, que ainda calcula os prejuízos. Ao g1, a Secretaria de Comunicação Social informou que Estado está auxiliando com o projeto de assistência social "RJ para Todos", além de programas de apoio a empresários e empreendedores, já que a região mais afetada foi o Centro da cidade, que comporta 80% da economia, do comércio local.
Mil desalojados em Carapebus depois de chuva
Após decretar estado de calamidade pública, o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) disse que vai acompanhar os trabalhos de recuperação da cidade e atendimento às vítimas. O órgão vai participar, na próxima segunda-feira (5), de uma reunião com representantes do município sobre a situação da cidade.
Temporal deixou Carapebus debaixo d'água. Uma mulher segue desaparecida nesta quinta
Secretaria de Comunicação Social de Carapebus

Fonte: https://g1.globo.com/rj/norte-fluminense/noticia/2022/12/02/carapebus-enfrenta-uma-das-maiores-catastrofes-da-historia-da-cidade-e-estima-1-mil-familias-desalojadas.ghtml
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://wechannel.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp