08/01/2023 às 00h15min - Atualizada em 08/01/2023 às 00h05min

​Almirante Marcos Sampaio Olsen é o novo Comandante da Marinha do Brasil

Claudia Cataldi
Em cerimônia no Clube Naval em Brasília, o Almirante de Esquadra que ingressou na Marinha há 44 anos, tomou posse do mais alto cargo da carreira.
Pontualidade e discrição foram suas companheiras no ato.
Cumprindo todo o rito que a instituição requer, Olsen adentrou o salão em silêncio, repleto de autoridades civis e militares.
Na sequência, foi a vez do Ministro da Defesa, José Múcio Monteiro. Este, ao toque de corneta.
Em seu discurso, o Comandante iniciou citando duas turmas, a de José de Alencar e a do Almirante Álvaro Alberto, além de trecho da obra: Lição das Esquadras de Rui Barbosa.
Sem esquecer de mencionar também o culto às tradições, como: a camaradagem e a forja maruja urdida por ventos fortes e mar grosso.
Nos agradecimentos, Olsen disse: “por pleito de justiça, expresso notória gratidão ao presidente da República Federativa do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, pelo apanágio ao nomear-me Comandante da Marinha. Agradeço o introdutório de orientações e estímulo particularmente ao referir-se à necessidade premente de prover o requerido espaço orçamentário para aumentar a capacidade e prontidão operacional da Marinha do Brasil. Ao ministro de estado da Defesa, José Múcio Monteiro pela honra e o agraciamento da indicação para o cargo asseverando-lhe a minha lealdade, comprometimento,  disponibilidade e diligência na condução da força naval para a defesa dos interesses do Brasil no mar e hidrovias  e braço militar do poder marítimo. Almirante de Esquadra Garnier Santos por antever no tempo e indicar proa segura pautado em aguçada visão político estratégica e do ambiente operacional da força naval. Estimo-lhe votos de realizações no porvir extensivos a Dra. Celma e digníssima família, boas águas! Ao ex-ministro da Marinha, Almirante de Esquadra Alfredo Caran bom companheiro e belo amigo, marinheiro até debaixo d´água, exemplo de incomum resiliência e devoção à Marinha do Brasil.  Rendo-lhe a mesura por um robusto e inestimável legado de princípios, valores e tradições que balizam a minha navegação e em seu nome, reverencio os insignes chefes navais de modo singular os ex-ministros e ex-comandantes da Marinha...”
Agradeceu também, emocionado, a presença da companheira Marcella; dos filhos, Pedro Olsen e Nora Lais Olsen, assim como dos irmãos Luiz e Marcelo Sampaio Olsen, e amigos. Em seguida, recebeu o abraço e votos de boa navegação, de todos os presentes, na extensa fila que se formou.
Por Claudia Cataldi
 
 
Link
Tags »
Leia Também »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://wechannel.com.br/.
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp